quinta-feira, 16 de abril de 2015

Pare de acusar todas as mulheres de "secas"; quando na verdade a maioria protege seu companheiro.

Gálatas 4.27   Pois as Escrituras Sagradas dizem: “Você, mulher que nunca teve filhos, fique alegre! Você que nunca sentiu dores de parto, grite de alegria!...

... Depois foram as desqualificações porque ela não lhe dava filhos. (Fonte Expositor Cristão março 2015)

Eu sempre leio o Expositor Cristão mas este mês de março foi diferente, tem uma matéria sobre violência  doméstica que versa claramente dentro da igreja.

Esta deixa do jornal era o que faltava para mim escrever sobre isto que esta num depoimento; um marido machão agredia a esposa de várias formas dentre elas o fato dela não gerar filhos.

Alto lá varões! Se sua mulher não tem filhos o problema pode ser seu; sim seu. O fato de você ter um desempenho sexual excelente (na sua opinião) não quer dizer que tenha qualidade para gerar filhos.

As informações reais hoje fornecidas por médicos e laboratórios dão a mesma probabilidade de infertilidade para homens e mulheres e outra parcela para o casal que muitas vezes é atribuida a pressão masculina para ter filhos , ou seja mais um percentual de culpa masculina.

Estou cheia de ver dentro das igrejas orações pedindo para mulheres deixarem de serem estéreis, mas a história não é bem assim. A esterilidade acontece por vários fatores e dentre eles o feminino é apenas um. Hoje cada vez mais cedo homens jovens tem péssima condição de procriar e isto  pode ser confirmado com exames simples mas precisos.

Já ouvi e vi coisas que o diabo deve ter ficado envergonhado de tamanha ignorância. Quando aguardava uma consulta de rotina, tinha alguns casais e as mulheres cabisbaixas, algumas com lágrimas nos olhos e os machos, com seus sorrizinhos entre os dentes, uns levantavam-se e andavam como pavões (Não sei a quem queriam impressionar numa ante-sala de consultório de vários profissionais de saúde).

Uma lágrima ali, uma enfermeira passando aqui, eu numa sala acolá e uma olhada de canto de olho nas pastas junto a mesa - e o assunto etiquetado "infertilidade" abaixo os nomes que não me detive..., sai do consultório e voltei para sala de espera para aguardar umas autorizações do plano de saúde.

Todos os casais que entraram as mulheres entraram humilhadas e em minutos depois ouviu-se o barulho ensurdecedor das portas quase que arrancadas e os "machos-alfas" saindo sem olhar para trás e as coitadas algumas iam junto outras ficavam até o fim.

Bem resolvi me informar e o resultado é o seguinte estas mulheres não conseguem engravidar (destes parceiros) e sabem porque? Por que o problema esta com a saúde deles, o que tem de errado? Nada de errado muitas vezes é só tratar e isto não depende de idade.
O erro esta em uma sociedade preconceituosa onde a mulher é culpada de tudo, muitas escondem que seus parceiros nao podem ter filhos, e guentam as criticas, os olhares, os falatórios sendo chamadas de "secas", "falhadas" "figueira sem figo" "videira seca" e calam-se para não envergonhar seus parceiros e vão mutilando-se, morrendo aos poucos ao longo dos anos.

Me pergunto porque muitas vezes oram para que as mulheres venham conceber e nunca oram para que os homens venham procriar?

A igreja , o pastor tem de ser esclarecido o suficiente para não causar mais estrago em alguém que já esta doente com a doença do outro muitas vezes, que na maior parte das vezes é covarde quando permite que sua esposa receba oração e fica no banco.

Quero deixar um apelo as mulheres para que não se permitam mais agredir-se assim por ninguém se seu parceiro não quiser se tratar que assuma, se não quiser assumir e você é humilhada por ele ou por outras pessoas por causa deste motivo vá a justiça procure seus direitos a lei Maria da Penha é bem ampla e acredito que neste caso em que as mulheres precisam de proteção também psicologica deve ser bem aplicada.

Pastores, Padres, Obreiros, parem de olhar para as ovelhas do sexo feminino como problemáticas , procurem conhecer os casais como um todo e digo ainda mais para os dados a "PROFETADAS" Vão terminar os estudos e deixar a ignorância de lado.

Não vivemos no tempo da lei vivemos no tempo da graça e neste tempo a distribuição da infertilidade até o dia de hoje esta na mesma proporção.

A todas as mulheres que são mutilidas todos os dias pela sociedade, pela familia e por onde nunca deveriam ser na igreja Basta!

Deixo o texto abaixo que esta em Gálatas - 
4.27   Pois as Escrituras Sagradas dizem: “Você, mulher que nunca teve filhos, fique alegre! Você que nunca sentiu dores de parto, grite de alegria! Pois a mulher abandonada terá mais filhos do que a que mora com o marido.”
4.28   Meus irmãos, vocês são como Isaque; são filhos de Deus por causa da promessa divina.
4.29   Naquela época o filho que havia sido gerado como todas as crianças são geradas perseguiu o que havia sido gerado por causa do Espírito de Deus; e a mesma coisa está acontecendo agora.Pois a mulher abandonada terá mais filhos do que a que mora com o marido.”
Meus irmãos, vocês são como Isaque; são filhos de Deus por causa da promessa divina. Naquela época o filho que havia sido gerado como todas as crianças são geradas perseguiu o que havia sido gerado por causa do Espírito de Deus; e a mesma coisa está acontecendo agora".

Este texto esta na  Línguagem de Hoje da Bíblia da SBB e não quer dizer para nem uma mulher abandonar o marido para ter filhos, hoje tem muitos tratamentos entre eles materias doados e congelados que podem ser fertilizados ou adoção, de qualquer forma o que impressiona neste texto é que diz que o filho da promessa não é aquele que foi gerado como todas as crianças, o filho da promessa é escolhido de DEUS.

Na paz de Jesus e desejando menos arrogância dentro e fora das igrejas.

Mssª Bella Dourado

5 comentários:

  1. Meu Deus Socorro!!!
    Quantas vezes saio da igreja em prantos, fico aguentando a minha sogra me precionando quando teremos filhos , quando vou me tratar para deixar de ser seca, muitas vezes tenho vontade de gritar que quem não pode ter filhos é o filho dela aos 32 anos é esteril, eu não tenho nada sou muito fértil, mas ele me implora para que não conte nada a ninguém estamos casados a cinco anos eu tenho 25. Depois deste texto eu vou repensar tudo, eu prometo tudo vai ser diferente ai daquele ou daquela que me humilhar. Chega! Fim de Linha!
    Muito obrigada missionária Deus abençõe sua casa seu bloguer é lindo.
    A.S.G

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus por estas palavras!!
    Me vi em cada linha deste texto , mas confesso que desconhecia esta passagem de Gálatas e fiquei emocionada com o seu discernimento.
    Obrigada, Beatriz - BH

    ResponderExcluir
  3. A cada vez que vou na igreja oram por mim para ter filhos, sou a única que não tem, nunca tinha pensado que o problema pode ser com meu esposo, nem sequer alguém tinha me dito que isso poderia ocorrer. Agora me sinto mais leve mas confusa com o que fazer como falar?
    Vou orar, mas foi muito bom ler este texto, me fez ver as coisas de forma diferente.
    Na Paz do Senhor - Sâmia

    ResponderExcluir
  4. Meu nome é Clarice e vivo este inferno a 15 anos, meu marido me acusa de não lhe dar filhos , minha sogra me diz que sou seca, minha mãe me disse que preciso de tratamento, já fiz todos os exames e não tenho nada meu organismo tá normal, as os anos estão passando já tenho 38 e cada dia vejo o sonho de ter filhos mais longe, meu ginecologista pediu que meu marido procurasse um uro ou ao menos fizesse um exame simples de amostra quando falei para ele sobre isto ele me disse muita coisa, me bateu no rosto disse que eu estava dizendo que ele nõ era macho. Com tudo isso tem dias que tenho vontade de me matar, porque sinto pena dele, mas ninguém me enxerga e tanto machismo que me reduzem a verme.
    Foi bom ter chegado aqui através de outra página porque não me canso de ler, sinto como se o texto fosse escrito para mim, decididamente chega!! Não Aguento mais!! Obrigada por me escutar sem nunca ter me visto falar. Clarice

    ResponderExcluir
  5. obrigada, muito obrigada missionária, desculpe mas não tenho mais nada para dizer só lágrimas...

    ResponderExcluir

Este blogue é particular.
Obrigada por ter chegado até aqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...