domingo, 4 de abril de 2010

Eu Tenho Medo! Eu Sou Feliz! ... Eu sinto Vergonha!

Queridos Leitores o texto aqui reproduzido não é meu "Todas as honras e Glórias Somente a Deus", mas todos os créditos deste grito entalado na garganta de muitos aqui expressado em frases é do blog da Pastoraagente o qual estara disponibilizado o linck no final da página para aqueles que ainda não conhecem e desejam visita-la; vale a pena conferir.

"Eu tenho medo de gente muito santa, muito pura, muito sem pecado.


Tenho medo de gente que repara no olho do outro, tentando o tempo todo tirar-lhe a trave, limpar um cisquinho.


Tenho medo de gente que se escandaliza com coisas imbecis, superficiais, exteriores, como se quisesse desviar a atenção de “alguma outra coisa”.


Tenho medo de gente que ora demais, que sonha demais, que ouve Deus falar 30 horas por dia.


Tenho medo dos que não sabem rir, que não ficam com a família, que não sabem se divertir nas horas de folga, que não fazem nada além de buscar ao Senhor e ir nos montes, nas vigílias e nas visitas.


Tenho medo…


Prefiro ficar perto de gente mais comum, mais real, que erra, mas que fala: “errei”.


É melhor ficar na companhia de gente menos caricata, menos maquiada, menos plastificada, menos religiosa.


Tenho medo de gente que tem “pouca mancha”, que esconde por debaixo da roupa a lepra e se mistura com o povo, representando, fingindo, ocultando, traindo, conspirando.






Prefiro ver de longe a doença, ver bem claras as feridas, me arriscar perto dos bacilos e me expôr aos vírus.


Prefiro abraçar o enfermo de pecados do que estar sentada com o falsificado, o genérico, o dissimulado, o profeta comprado.






Jesus também preferiu assim e foi duramente criticado por isso.


Enquanto Ele poderia estar nas casas imponentes do bando que estava doido para lhe fazer uma média...foi para um lugar chamado Cesaréia de Filipo.


Uma corja que não valia nada se reunia ali: prostitutas, ladrões, beberrões, excluídos, rejeitados, marginalizados.


Ali Ele podia se revelar Mestre e Senhor porque o coração dos doentes e necessitados é despojado de altivez.


Os que se acham bons demais não tem ouvidos para ouvir porque só desejam falar."

Não me privo de viver na liberdade, não numa liberdade pretextual, não mesmo, mas naquela com que Cristo me libertou!


Creio num estilo de vida onde, além de ir aos cultos, orar, ler a Bíblia e evangelizar, eu posso:

*dançar se tiver vontade

*dar risada pra valer

*fazer loucuras de amor (ou idiotices, como queira)

*rolar no chão com meus sobrinhos

*chorar se quiser chorar
*beijar meu marido em qualquer lugar
*expressar sentimentos
*sentir preguiça

*admitir meu erros e pedir perdão

*ter a visão de um Jesus alegre
*gastar tempo me distraindo com coisas que gosto
*orar tomando banho
*me emocionar assitindo um filme


Antes, me envergonho da gosma nojenta que é o legalismo, cujos seguidores que se denominam cristãos sofrem de acefalia espiritual.

Eles enfiam Deus, os princípios bíblicos e a conduta cristã numa caixinha do tamanho das suas neuroses e chamam aquilo de novo nascimento.



O radicalismo de uma fé doente levou uns caras à loucura:



Jim Jhones - Adolph Hitler - As mortes de Uganda - Charles Manson - Heinrich Himmler


Aí você me diz (e olha que foi super difícil imaginar que alguns me dirão isso):



"Irmã Pastoragente, cê não sabe que devemos buscar primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça e as demais coisas nos serão acrescentadas,sua herege doida??"
Ao que te responderei:

"É aí que mora a confusão do legalismo: achar que em Cristo a vida deve ser vivida dentro de um casulo de gesso onde a espiritualidade aflora (quase sempre arrogante), trazendo à existência o sujeito mais chato, mais pedante e mais místico produzido pela indústria da religião.



Para mim buscar primeiro o Reino e a Sua Justiça é muuuito mais do que ficar longe do mundo e dentro da Igreja.







É todo o dia e onde eu estiver ter uma busca incessante por:



*Não mentir*não defraudar*não maldizer*ajudar o necessitado*me guardar da pornografia*não cobiçar marido dos outros*viver Jesus dentro da minha casa em primeiro plano*não julgar quem eu acho que é ou não um bom cristão*não dar lugar à rebeldia*zelar por um nome limpo*respeitar o espaço das pessoas*não liberar palavras de amargura*ter uma cara só*



Me envergonhar? Do quê? Ah, disso:

  1. Dessa evangélica famosa que fez ensaio sensual com o filho de 15 anos, com direito a beijo e tudo.

  2. Dessa senhora sendo chamada de "irmã"

  3. Da prostituição ungida.

  4. Do Deputado crente que ora agradecendo dinheiro de propina

  5. De ver a Igreja gay se misturando ao evangelho, mas sem arrependimento.

  6. De saber que tem bispa botinão.

  7. De saber de uma Igreja onde se cultua completamente sem roupa, incluindo o que se diz Pastor.

  8. De Pastores traficando armas, numa guerra nada espiritual.






Um comentário:

  1. Linda Bella, rsrs, agradeço novamente a Deus por mais pessoas sérias como vc estarem reproduzindo textos que cutucam mesmo o povo de Deus.
    Posso te dar uma sugestão???
    Que tal colocar esses últimos 8 ítens de "vergonha" em forma de link?
    É porque se não der pra ver as reportagens para as quais esses links apontam, pode ficar alguma sem sentido.
    Um beijão.

    ResponderExcluir

Este blogue é particular.
Obrigada por ter chegado até aqui.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...